quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Casa contêiner?

Sim, é isso mesmo. Arquitetos criativos dispostos a inovar e modificar para melhor nosso jeitinho de habitar é o que não falta. O contêiner é muito utilizado em canteiros de obras. Uma hora como escritório base das construtoras, outra hora como refeitório ou alojamento para os funcionários. A casa contêiner está ganhando espaço e merecido, pois permite uma construção rápida, sustentável e mais barata que a convencional.

Imagem: super.abril.com.br
 Olha que lindo este croqui! Bom, os dois projetos à seguir são do arquiteto Danilo Corbas.  Este primeiro é uma residência executada na Granja Viana em São Paulo. O partido adotado permitiu a construção de um sobrado bem organizado.

1-1
 A fachada é bem industrial, e as cores vivas diferenciam os volumes. 196m² bem distribuídos com leveza e conforto. As paredes internas são de drywall e escondem as instalações.

2-2
Vidro, madeira, aço e cimento queimado sãos os elementos desta construção que abusa das grandes aberturas para aproveitar bem a luza natural.

3-3
Imagens 1-1, 2-2 e 3-3: homeinabox.blogspot.com.br

O colorido chama a atenção e permite que cada bloco tenha sua personalidade.

A
B
 Pelas plantas podemos ver que a casa é bem espaçosa. A foto A mostra o piso principal com garagem, escritório, sala de estar, sala de jantar integrada à cozinha, banheiro, quarto de hóspedes e área de serviço. A foto B é o piso superior, com duas suítes e terraços-jardins.

 
C

D
Imagens A-D: g1.globo.com

Estas perspectivas mostram a funcionalidade de cada contêiner. O conjunto deles forma um grande "H".

1
 Esta outra casa está localizada em Curitiba, Paraná. O projeto tem 240m², com direito a fachada contemporânea com detalhe decorativo em madeira.

2
 Outro lindo croqui expressando as ideias do arquiteto. Aqui dá para ver melhor a lateral da casa.

3
4

Imagens -1 a 4: piniweb.pini.com.br

As plantas mostram o layout interno e o paisagismo abrigando os terraços.

Captar água da chuva, reciclar materiais, aproveitar a melhor posição da construção no terreno, fazem de um projeto uma obra a ser apreciada. 

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário